quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Primeiros - Socorros

primeiros-socorros
Apresentamos abaixo alguns problemas comuns de saúde e o que pode ser feito a respeito deles. No entanto, a nossa recomendação é de que, ao detectar qualquer tipo de problema, procure sempre a ajuda de um veterinário.
cabeça de calopsita cinza Detalhe da cabeça de uma calopsita cinza.
problemas nos olhos
Piscadas freqüentes, olhos fechados, vermelhidão, inchaço e secreção... problemas nos olhos podem ser irritações causadas por aerossóis, batidas ou briga com outra ave, vírus, infecções bacterianas, fungos e ácaros. Também pode ser sintoma de uma deficiência de vitamina A, infecção nos sinos nasais ou abscesso.

Nesse caso, mantenha sua ave longe da luz intensa, o que pode irritar ainda mais, e evite produtos que possam causar irritação. Se houver alguma secreção, limpe com soro fisiológico ou colírio oftalmológico.
agapórnis roseicollis lutino Exemplar de roseicollis lutino.
diarréia
A diarréia é um problema relativamente comum nas aves, e pode ser causada por mudanças na dieta (principalmente por ingestão de frutas), medicamentos e estresse. Mas ela também pode ser devida a infecções bacterianas, um indicativo de problemas no trato urinário ou no digestivo (e órgãos associados, como pâncreas e fígado), ou ainda um sintoma de doença.

Se a diarréia for isolada, e sua ave estiver alerta, sem mudanças no comportamento, não é preocupante. Remova os vegetais e as frutas da dieta por um tempo e administre soro caseiro, três vezes ao dia, ou dê 2 gotas de pepto-bismol, duas vezes ao dia.

Mas se a diarréia perdurar ou sua ave apresentar conjuntamente qualquer outro sinal estranho, procure um veterinário com urgência, pois pode ser alguma doença em estado já avançado.
calopsita cara branca ainda nova Uma jovem calopsita pérola cara branca.
espirros e secreção nasal
Espirros podem ser devidos a alergias e irritações passageiras, mas também podem ser sinal de problemas respiratórios. Nesse caso, podem ser acompanhados de tosse (se ouve "cliques" vindos da garganta da ave) e inflamação na garganta (mudanças na voz ou canto).

Quando as narinas têm alguma secreção, as penas acima delas adquirem um tom marrom. O problema pode ser por causa de alguma semente ou objeto que entrou nas narinas, ou ainda da irritação causada por aerosóis ou infecções. Se o problema for um objeto obstruindo as narinas, tente retirá-lo cuidadosamente com cerdas de escova ou cotonete.

Variações grandes de temperatura no ambiente podem causar infecções respiratórias, que tem como sintomas a secreção nasal e ocular, penas eriçadas, letargia, arrepios e a respiração ruidosa ou difícil. Nunca deixe sua ave ao lado de condicionadores ou aquecedores de ar, ou em locais onde ela se exponha a chuvas ou correntes de ar.
calopsita com cachorro Uma calopsita cinza "conversa" com
o outro bicho de estimação da casa.
respiração curta
A respiração rápida e curta pode ser devida à altas temperaturas - a ave respira assim para se refrigerar. Também podem estar assustada ou nervosa. Em ambos os casos, basta levá-la a um local ventilado ou acalmá-la e sua respiração voltará ao normal.

Mas se sua ave está realmente com dificuldades em respirar, pode ser devido a infecções bacterianas ou por fungos e ácaros ou, ainda, alguma obstrução nas vias respiratórias, no peito ou pulmão. Por exemplo, o aumento abdominal causado por tumor, peritonite (causada por ovo preso) ou ascite podem impedir a expansão total da caixa torácica. Em todos esses casos, o ideal é ter ajuda veterinária.
casal de agapórnis fischeri Casal de agapórnis fischeri verde escuro.
ganho de peso
Um pássaro obeso pode apresentar muitos problemas de saúde, incluindo dificuldade em respirar, stress, diabetes, problemas cardíacos e hepáticos.

As causas da obesidade podem ser hereditariedade, ingestão em excesso de calorias, falta de exercícios, falta de lipase (enzima responsável pela queima de gorduras) ou hipertireoidismo.

No entanto, muitos problemas que ocorrem na região abdominal e peitoral podem ser confundidos com obesidade. Entre eles estão tumores benignos, hérnia, ascite (fluído no abdômen) ou ovo preso.

Se qualquer das hipóteses de problemas de saúde ou hormonais estiver descartada, o ideal é submeter seu pássaro a uma dieta (redução mínima de 25%), além de aumento na atividade física.
calopsita fazendo pose Uma pérola canela interage com o fotógrafo.
inchaços
Geralmente, inchaços ou caroços que surgem nas aves são de natureza benigna e causados por traumas. Por exemplo, se a sua ave voar e bater com força em algum obstáculo, pode desenvolver um hematoma, que irá desaparecer com o tempo.

Mas, se ela não sofreu nenhum acidente, os inchaços ou caroços podem ter outras causas: abscessos, incrustações no bico e olhos (geralmente causados por sarna), depósitos de gordura sob a pele, gota ou artrite, cistos e até tumores.

Os abscessos são quentes, doloridos, avermelhados e duros ao toque, causados por deposição de pus (devido a alguma infecção bacteriana) e geralmente encontrados embaixo dos olhos, pés e bico. Se não tratadas, as infecções podem atingir, pela corrente sanguínea, algum órgão vital. O ideal é procurar ajuda médica, para a administração de antibióticos.
calopsita arlequim tomando banho Por diversão, a dona desta arlequim cara branca deu-lhe um prato raso para o banho!
aumento no consumo de água
Calopsitas bebem cerca de uma colher de chá de água por dia, a não ser que estejam alimentando filhotes, quando o consumo é maior. O consumo também pode aumentar em razão de um ambiente quente ou da incidência solar direta. Stress, aumento de atividade física, certos medicamentos (como antibióticos) e diarréia também podem fazer com que sua ave beba mais água.

Mas o consumo excessivo de água pode indicar doenças graves, como diabetes, infecções urinárias, doenças do fígado e rins ou peritonite. Se sua ave parece saudável, apesar de beber mais água, não se preocupe. Mas se ela também apresenta algum sinal de doença ou se você está realmente preocupado com a quantidade de água consumida, procure um veterinário.
calopsita cinza com seus filhotes Uma mamãe calopsita cinza
no ninho com seus filhotes.
aumento de apetite
Aumento nos exercícios, queda de temperatura, postura de ovos ou alimentação de filhotes provocam aumento da necessidade normal de alimentos, especialmente calorias e proteínas. Nesses casos, não é necessário se preocupar.

No entanto, um aumento no apetite pode ser sinal de diabetes (os sinais iniciais de diabetes são aumento no consumo de alimento e água, perda de peso e fezes mais líquidas), vermes, ou ser sintoma de giardíase, problemas intestinais, pancreáticos ou hepáticos. Em qualquer caso, se houver sinais de doença, procure um veterinário.
calopsita cara branca comendo cereja Uma calopsita pérola cara branca
prestes a devorar uma cereja.
perda de apetite
Alteração no apetite pode ser causada por ambientes quentes ou ser resultante do stress causado por mudanças. Por isso, se sua ave não se alimenta bem num dia ou noutro, mas permanece alerta e ativa, não é motivo para preocupação.

Mas uma ave doente, que não come direito, não mantem sua temperatura corporal, o que a leva a se "encorujar" para manter-se aquecida. Então, a queda no apetite pode ser indicador de problemas.

Se sua ave não comer por mais de dois ou três dias, talvez seja necessário forçar a alimentação com papinhas de filhote. Se você conseguir alimentar sua ave com uma colher entortada (como se faz para filhotes), preenchendo o papo ao menos parcialmente, não há problemas. Se você não conseguir nem isso, é necessário procurar ajuda profissional.
calopsita cinza esticando as asas Calopsita cinza estica as asas - prepara
o vôo, se exibe ou apenas se espreguiça.
problemas motores
Se seu pássaro não consegue usar uma ou ambas as pernas, verifique os pés. Se apresentar alguma irritação, lave a região irritada com água morna e passe uma pomada tópica.

Outras causas podem ser falta de exercício, deslocamento, dores nos pés, fratura, deficiência nutricional, pressão do nervo ou vaso que irriga a perna, artrite, infecção, queimadura ou ainda lesões nervosas.

Em qualquer desses casos, ainda mais se você achar que a causa é lesão, nervosa ou física, procure ajuda médica.
casal de calopsitas namorando Um casal de calopsitas, cinza
e canela, namoram sobre o poleiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário